A Tal da Saia Midi

Já há algum tempo, os fashionistas e marcas mais rápidas em termos de exploração de tendências começaram a introduzir no mercado brasileiro a tal da saia midi, que provavelmente hoje, você já tem visto em toda parte!

O comprimento midi, é aquele que fica entre o joelho e o tornozelo, e não entre o curto e o longo! Existem variáveis nessa equação de curto e longo! Por exemplo: uma saia ou vestido que pare exatamente na altura do tornozelo, logo acima dos ossinhos do pé e a um palmo do chão, tem um comprimento Chanel, nome que surge quando a estilista, no período da Primeira Guerra resolveu encurtar as saias que em 1910 ainda se arrastavam no chão, para facilitar a movimentação das mulheres, que começavam a ter a necessidade de sair de casa, trabalhar e ajeitar a própria vida.

O meio termo do midi, já esteve na moda várias vezes, mas há pouco tempo atrás, ele se apresentou por aí com o nome de longuete, alguns de vocês ainda devem se lembrar! Mas hoje, a forma de usá-lo é completamente diferente, o que confunde um pouco a cabeça de quem viveu essa tendência em outro momento.

No geral, o uso da saia midi denota muito estilo, mas não é a peça mais fácil de usar. Muitas meninas gostam tanto e tem tanta dúvida, que chegam a comprar a dita cuja e deixá-la em aposentadoria precoce dentro do armário, já que não conseguem combinar.

Achar a ocasião, é uma das coisas mais fáceis, o bom da saia midi, é que ela pode ser usada desde a situação mais casual possível, até mesmo numa festa chiquérrima. Para trabalhar, dependendo do quanto o seu trabalho for casual, ou do quanto você estiver cansada, nada te impede de usar um par de “alpargatas”, sim, rasteiras que podem ser super estilosas pra compor o look, e se estiver frio, aposte no tricot, porque dificilmente você vai se acertar com um casaco ou um blazer mais esse tipo de saia. É lógico que nada te impede de subir num salto (principalmente as mais baixinhas, cujo comprimento dá sim uma bela cortada), para o trabalho ou situação informal, uma sandália mais fechada no dorso do pé ou uma anabela, uma sandália de tiras finas ou um scarpin vão deixar o look sempre mais social.


Agora falando em festas, vai depender do estilo. Bares e baladas combinam com Uma Pegada mais Hi-Lo (adoro!), a saia lá toda formal, e você joga aquela camiseta masculina que tem no seu armário (ou no armário vizinho!) ou a regata toda abertona que

você usa na academia, mais salto arrasador, mais make de balada, tá incrível! Mas se vai num concerto na Sala São Paulo, num coquetel de lançamento, naquele restaurante dos sonhos ou até um casamento de dia, aproveite para usar com aquela blusa super delicada que fica na seção de reservados do guarda-roupa, ponha a blusa (quase obrigatoriamente) por dentro da saia, ou mesmo um vestido nesse comprimento pode ser uma melhor ideia, aposte num sapato mais delicado e em bijuterias mais finas ou joias, cabelo arrumado também sempre vence nessas horas.

Dá até pra arriscar um tênis!

O melhor de tudo é que você pode usar uma mesma saia para todas essas situações e mudar radicalmente! Encurta as pessoas? É verdade! Pode ficar brega se não souber usar? Até pode! É pior para as gordinhas? De jeito nenhum! Ostornozelos de todas nóssão bonitos! Minha dica é começar com preto, sempre mais fácil! E se você for um cara... Vá de midi também! ;)



Por Isadora Rodrigues, São Paulo - 12/11/2020

31 visualizações0 comentário

CADASTRO

  • Instagram
  • Facebook
  • Pinterest

Postagem em 24hs

 

I.Brand - CNPJ - 33.512.973/0001-69

Avenida Diógenes Ribeiro de Lima, 2001, Alto de Pinheiros, São Paulo - SP, 05458-001